O que você precisa
Cadastre-se e receba as Principais Notícias da Diocese no seu Email

Conheça o projeto Sementes do Pampa

A Campanha da Fraternidade de 2017 (CF 2017) tem como tema “Fraternidade: biomas brasileiros e defesa da vida, e o lema bíblico: “ Cultivar e guardar a criação”. O objetivo da CF 2017 é cuidar da criação, de modo especial dos biomas, dons de Deus, e promover as relações fraternas com a vida e a cultura dos povos, à luz do Evangelho.
No Brasil, existem seis biomas: a Amazônia, a Caatinga, o Cerrado, o Pantanal,a Mata Atlântica e o Pampa, desses, os dois últimos encontram-se em nosso estado. Com a CF 2017, somos convidados a cuidar destes biomas, neles formando relações fraternas, saudáveis, ligando a fé à vida.
Nesse sentido, nasceu o projeto Sementes do Pampa. Durante a Peregrinação ao Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida, membros da Paróquia Santo Antônio iniciaram uma reflexão sobre o tema e surgiu a ideia dos cuidados com as sementes e as árvores, integrando a Paróquia Santo Antônio, Pastoral da Criança, Leigos Salezianos, alunos e professores da Escola Erci Campos Vargas. Tão logo retornaram, a proposta começou a ser colocada em prática.
O Projeto Sementes do Pampa quer apresentar a nossa sociedade a possibilidade verdadeira de realização de ações em conjunto para melhorar a qualificação de vida em nossa cidade. Através de estudos e discussões sobre os nossos biomas, o projeto irá trabalhar com sementes de árvores frutíferas nativas, envolvendo os alunos nos cuidados em todo o ciclo de desenvolvimento biológico das plantas.
Pautando a ideia de participação da comunidade, o projeto teve início em fevereiro de 2017 e se estenderá até fevereiro de 2018. As sementes foram doadas pela comunidade e semeadas no viveiro da escola Erci Campos Vargas pelos alunos do 6º ao 9º ano. Então as mudas são separadas e entregues às famílias. O processo de entregas às famílias será realizado pela Pastoral da Criança nas comunidades Paraíso, Esperança I e II. Durante o projeto, essas famílias serão acompanhadas pelas professoras e líderes da Pastoral para receberem orientações sobre a importância da preservação do meio ambiente, motivando a importância dos cuidados com a vida, ligando com a fé. Todas as etapas do projeto serão registradas e documentadas.
Por fim, este projeto tem como objetivo ampliar a consciência ecológica das crianças, dos adolescentes, das famílias e da sociedade. Propõe ainda desenvolver a espiritualidade do cuidado da vida com este mesmo público, resgatar a importâncias das árvores frutíferas nativas para a preservação do nosso bioma e da vida saudável. Também objetiva oferecer informações sobre aspectos da biologia, agronomia e nutrição em vista do cultivo dessas plantas, interligando com o tema da CF 2017. Enfim, além do olhar sobre os biomas, o projeto tem um caráter educativo e pedagógico bem moderno: aprender fazendo, construindo de forma participativa uma prática de preservação da criatura e do ambiente onde convive. É a fé, a espiritualidade cuidando da vida do homem. Assim constrói-se um mundo melhor: com informações, com trabalho, mas muito amor.
(Gianine Lima Ribeiro- Pastoral da Comunicação- PASCOM)